Gestão e download de NFe, CTe, XML e DANFe. Teste grátis por 7 dias!

GestãoTecnologia

O que é ERP e para que serve? Descubra agora!

Entenda o que significa essa sigla e como ela pode ajudar na gestão da sua empresa!

Você sabe o que é ERP e para que serve? Pois bem, é muito provável que você já tenha visto essa sigla ou ouvido falar algo sobre ela, mas que ainda assim não entenda o seu significado.

O ERP é um dos principais recursos para quem deseja ter uma gestão impecável em sua empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte e de qualquer segmento. Sua adoção pode, literalmente, revolucionar os processos gerenciais e o desempenho das atividades.

Vamos entender exatamente o que é ERP, porque ele faz tanto sucesso assim no mercado e o que você tem a ganhar ao adotá-lo para a sua companhia.

O que é ERP e para que serve?

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning (planejamento de recursos empresariais), que consiste em um software que auxilia na gestão e na execução das atividades de uma empresa através da interligação de seus setores e da centralização dos dados e informações da companhia.

O conceito já é bem antigo. O termo foi cunhado em 1990 pela Gartner, empresa mundialmente conhecida na área de pesquisas e consultoria, mas suas raízes datam da década de 1960.

Na época, o conceito era aplicado à gestão de estoque e ao controle do setor produtivo. Engenheiros de software criaram programas para monitorar inventários, conciliar balanços e relatar o andamento de atividades.

Na década de 1970, ocorreu a evolução para os sistemas de Material Requirements Planning (MRP, ou planejamento de requisição de materiais), que ajudavam a programar os processos produtivos.

Então, em 1980, os MRPs cresceram para abordar outros processos produtivos e passaram a ser chamados de MRP-II ou Manufacturing Resource Planning.

Em 1990, a abrangência dos sistemas foi além do controle de inventário e outros processos operacionais para atividades relacionadas aos escritórios, como contabilidade e recursos humanos.

Atualmente, os ERPs também podem compreender processos de inteligência de negócios (Business Intelligence, ou BI), automação de força de trabalho (Sales Force Automation, ou SFA), automação de marketing e até mesmo e-commerce.

Depois dessa pequena aula histórica sobre o que é ERP e o que era antes de receber esse nome, é chegada a hora de compreender a importância que esses sistemas possuem no mercado.

Qual é a participação do ERP no mercado global?

Muito grande. Isso pode ser comprovado através de dados e estatísticas sobre o assunto, como os seguintes, divulgados em um infográfico da Technology Evaluation Centers (TEC) e coletados através de contatos com seus clientes:

  • Aproximadamente 50% das empresas estão planejando ou já começaram a adquirir ou melhorar um sistema ERP.
  • As três principais razões para adquirir um novo ERP são a substituição de sistemas legado (aqueles antigos mas que ainda são essenciais à companhia), a consolidação de aplicativos separados e a atualização às mais novas tecnologias.
  • Os três maiores benefícios proporcionados por um ERP são a economia de tempo nos processos, a melhoria da colaboração e a centralização de dados da empresa.

Sua participação em cifras globais também é muito grande. De acordo com a Allied Market Research, estima-se que o mercado global de ERP movimente US$ 41,69 bilhões em 2020, o que resultará em uma taxa de crescimento anual composta (Compound Annual Growth Rate, ou CAGR) de 7,7%.

Isso ajuda a entender a importância de compreender o que é ERP, já que se as estimativas se confirmarem, seu mercado deve movimentar US$ 114,2 milhões por dia, ou US$ 4,759 milhões por hora, números que chamam a atenção.

Além de saltarem aos olhos, esses números também podem servir como o gatilho para que você comece a utilizar um ERP em sua empresa, o que pode trazer uma série de benefícios.

Já sei o que é ERP, mas o que minha empresa tem a ganhar com ele?

Muito! Seja para a gestão de micro e pequenas empresas ou mesmo para as de maior porte, compreender realmente o que é ERP e para que serve pode mudar sua realidade positivamente e de uma vez por todas.

Os principais benefícios são os seguintes:

Maior organização

A desorganização pode ser considerada como uma das maiores inimigas no meio corporativo, já que impossibilita uma rotina de trabalho planejada e integrada entre os setores.

Assim como ter um controle de notas fiscais eficiente é fundamental para o setor fiscal, a organização da empresa é essencial para todos os setores, e quem sabe o que é ERP e para que serve entende que esse é um de seus pontos principais.

Ao manter as informações centralizadas em um único sistema, é possível estabelecer uma sinergia entre os setores, sem informações perdidas ou incorretas, o que por sua vez ajuda a alcançar melhores resultados, já que todos estarão com o mesmo propósito.

Corte de custos

Entender o que é ERP e aplicá-lo em sua empresa também pode fazer com que ela economize, um ponto que nem sempre parece tão evidente, mas que é real.

Se cada setor usar um sistema diferente para a sua organização, além de as informações não estarem centralizadas, será preciso pagar por todos eles, o que se configura como um custo elevado.

Quem busca saber sobre o que é elisão e evasão fiscal e praticar a primeira delas para poder cortar custos na empresa recorre a uma boa alternativa, mas também é possível economizar ao mudar certos hábitos corporativos, como o uso de diferentes sistemas.

Além de trocar as mensalidades propriamente ditas dos sistemas por apenas um valor, você também perceberá um excelente custo-benefício pela organização e integração entre os setores, o que evita prejuízos financeiros e de tempo.

Personalização completa

Não seria muito benéfico saber o que é ERP e para que serve se ele não conseguisse atender às necessidades da sua empresa. Felizmente, esse é mais um de seus pontos positivos.

A interface e os recursos de um ERP podem ser personalizados de acordo com as necessidades da sua empresa, o que permite que ela não fique presa a um padrão que não é o mais benéfico.

Ao fazer com que o sistema se adapte às necessidades da sua companhia, e não o contrário, a praticidade e eficiência proporcionadas por essa solução serão ainda mais notáveis.

Aprendeu o que é ERP? Então invista em um agora mesmo!

Praticidade, agilidade, economia, eficiência, organização… Esses são apenas alguns dos muitos benefícios de que a sua empresa pode desfrutar com esse sistema cujas raízes são de mais de 45 anos atrás, mas que ainda é bastante atual e utilizado em companhias de todos os portes e segmentos.

Depois de saber o que é ERP e para que serve, escolha uma boa opção no mercado e conte também com o GeminusCare, que é um sistema de gestão fiscal integrável com a maioria dos ERPs no mercado. Assim, a automação e a organização em sua empresa serão exemplares!

Related posts
Gestão

Como contratar um funcionário e acertar em cheio?

GestãoProdutividade

Como acabar com os problemas de comunicação nas empresas?

FinanceiroGestão

Como aumentar o lucro da empresa? Confira as melhores dicas!

FinanceiroGestão

Despesas fixas e variáveis: qual é a diferença?

Inscreva-se em nossa Newsletter e
fique informado

 


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *